Benchmark online: como fazer e quais ferramentas usar

|

Toda empresa almeja obter sucesso no mercado em que atua. Mas, como identificar se o sucesso foi alcançado? Primeiramente, é necessário ter um parâmetro. O benchmark é um processo de estudo da concorrência que pode ajudar nessa missão. Neste artigo, vamos falar um pouco sobre essa técnica e dar dicas de como fazer o benchmark online. Continue e leitura e, de quebra, descubra algumas ferramentas que podem te ajudar nessa empreitada.

O que é benchmark

Antes de mais nada, precisamos entender o que é o benchmark. O termo em inglês pode ser interpretado como “referência” ou “análise comparativa”. Nesse sentido, o benchmarking, ou seja, o ato de se fazer o benchmark, significa pesquisar e analisar práticas de outras empresas que atuam no mesmo segmento que o seu. A ideia dessa análise estratégica é identificar o que os concorrentes estão fazendo, bem ou mal. Dessa forma, as ações que estão sendo malfeitas – ou gerando resultados ruins – devem ser evitadas. Em contrapartida, as ações positivas podem servir de inspiração. Portanto, o benchmark é uma ferramenta de gestão com o objetivo de aprimorar processos, muito utilizada no marketing, por exemplo.

Benefícios do benchmark

Existem várias formas de se fazer uma pesquisa de concorrência. O benchmark online é uma delas, mas também pode-se fazer uma pesquisa de campo, coletar dados em eventos etc. Independentemente da maneira que se opte por fazer, o bench traz muitos benefícios para a empresa, tais como:

  • Identificar tendências e “surfar essa onda” antes da concorrência;
  • Descobrir práticas até então inexploradas e que podem trazer sucesso para a empresa;
  • Gerar insights para novas ações e processos;
  • Analisar a viabilidade de ações, que já geraram resultados para outras empresas;
  • Aprender com os erros dos outros e se preparar melhor para desafios;
  • Levantar argumentos para justificar formação de budget ou pedir aumento do orçamento para a área;
  • Coletar referências que ajudem na melhoria contínua dos processos rumo à excelência.

Benchmark aplicado ao marketing digital

Enfim, são inúmeros os benefícios do benchmark, ainda mais quando ele se aplica ao marketing digital. Já que, no ambiente online as coisas acontecem e mudam muito rapidamente e, portanto, precisamos corrigir constantemente o rumo das estratégias.

Assim como é imprescindível acompanhar e avaliar constantemente as métricas de marketing digital dentro da sua estratégia, também é importante verificar como os seus concorrentes estão se saindo. Dessa forma, é possível detectar falhas e identificar melhorias à medida que as ações são implementadas. Além disso, ficar de olho no que outras empresas do seu segmento estão fazendo ajuda a não perder nenhuma nova oportunidade.

Em seguida, vamos apresentar algumas dicas para te ajudar a fazer um benchmark online.

5 dicas para fazer benchmark online

Antes de mais nada, você precisa definir quais são seus objetivos com esse bench. Caso contrário, o trabalho pode ser infinito! Então, como é a nossa área de atuação, aqui vamos focar no benchmarking de marketing digital.

1 – Escolha as empresas que pretende investigar

Primeiramente, escolha aproximadamente 5 empresas para servir de amostra. Elas podem atuar no mesmo segmento que o seu ou em algum outro segmento cuja atuação se assemelhe de alguma forma à da sua empresa. No caso de analisar o marketing digital, as selecionadas precisam ter o mínimo de atividade no ambiente online. Então, verifique se elas possuem um site e se fazem algum trabalho nas redes sociais, por exemplo. Caso contrário, você não terá dados suficientes para analisar.

2 – Crie um modelo para acompanhamento do seu benchmark online

Cada guerreiro luta com as armas que têm. Logo, você pode acompanhar o benchmarking através das ferramentas que tenha disponível, desde uma simples planilha no excel até uma ferramenta de BI. Independentemente da metodologia, o importante mesmo é que você consiga visualizar, analisar e compreender os dados. Além disso, o benchmarking deve ser uma atividade constante, então quanto mais simples for para atualizar os dados, melhor.

3 – Mantenha a constância

Estabeleça uma periodicidade para atualizar o seu benchmark. De tempos em tempos, dê mais uma espiadinha em como andam os trabalhos da concorrência. Verifique se eles estão fazendo algo de novo, se implementaram melhorias no que já estava sendo feito ou se abandonaram alguma estratégia. Afinal, eles devem tiveram algum motivo para tomar tais decisões. Além disso, aproveite para pesquisar se tem algum player novo que merece ser incluído no seu bench.

4 – Utilize ferramentas para fazer benchmark online

Existem muitas opções de ferramentas online, gratuitas ou pagas, que auxiliam no a fazer benchmark. Além de proporcionar agilidade para o processo, elas facilitam a organização dos dados. Em seguida, apresentaremos uma seleção de 4 ferramentas muito úteis para te ajudar nessa missão:

Ubersuggest

O app Neil Patel fornece dados de palavras-chave. Através dessa extensão você consegue pesquisar por termos e analisar a concorrência deles, tanto para o ranqueamento orgânico como para o pago. Além disso, o Ubersuggest também oferece uma análise de concorrência, a partir da qual você consegue ver como você e seus concorrentes estão se posicionamento nos mecanismos de busca. A versão gratuita possibilita até 5 pesquisas diárias por conta. Com a versão paga, além de pesquisas ilimitadas de termos chave, o assinante também consegue montar dashboards para acompanhamento de seus projetos.

Redes sociais

As próprias redes sociais oferecem ferramentas para analisar a concorrência em suas plataformas. Basta você navegar pela Facebook ou Linkedin Business, por exemplo, e explorar as opções disponíveis.

Biblioteca de anúncios do Facebook

Essa dica é para quem já faz ou pretende começar a investir em anúncios no Facebook e instagram. Através da biblioteca de anúncios do Facebook, você consegue visualizar todos os anúncios ativos na plataforma. Para isso, é só buscar pelos perfis que deseja analisar. Essa pesquisa ajuda bastante na decisão de argumentos para anunciar produtos e serviços, inclusive gera insights para o criativo das peças. Aliás, se você quiser saber mais sobre como anunciar nas redes sociais, já fizemos um artigo aqui no blog sobre o assunto.

Stilingue

Bem mais robusta do que as ferramentas citadas anteriormente, o Stilingue usa a inteligência artificial para o benchmark online. A startup fornece dados sobre o comportamento online de brasileiros e influenciadores digitais. Com a ferramenta, que é paga, pode-se coletar, interpretar e resumir dados obtidos de veículos de comunicação, blogs, fóruns, redes sociais, etc. O interessante do Stilingue é que tudo isso é feito em tempo real.

Agora, acredito que você já esteja preparado para começar a fazer a sua pesquisa de concorrência. Mas, antes de começar a investigar as ações alheias, o ideal é identificar como está a saúde do seu próprio marketing. Assim, quando for fazer o seu benchmark online, você conseguirá entender como a sua empresa se posiciona perante os concorrentes. Então, que tal começar agora? Você pode fazer um diagnóstico online gratuito da sua empresa agora mesmo através da nossa ferramenta. Basta responder a algumas perguntas e você receberá o resultado por e-mail, na sequência! Quero um raio-x do meu marketing digital.

Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts relacionados