Marketing: muito além da comunicação institucional

|

O termo marketing tem origem do inglês market, que significa “mercado”. Eu costumo traduzir, literalmente, como a ação de “fazer mercado”, ou seja, criar oportunidades para vender qualquer coisa, pessoa, produto, serviço, experiência ou simples ideias. Desta forma, entende-se que sua função vai muito além da comunicação institucional ou da promoção de produtos ou serviços. 

Neste artigo, vamos entender melhor as funções do marketing dentro de uma empresa e o potencial dessa área para o desenvolvimento sustentável do negócio.

A real importância do marketing em uma empresa 

Se você trabalha no departamento de marketing de uma empresa, assim como eu reconhece a importância dessa área para o planejamento estratégico do negócio. Mas, cá entre nós, esse entendimento não é para todos. Infelizmente, muitos gestores ainda subjugam o valor do marketing, apelidando a área de “relações corporativas”, “comunicação institucional”, entre outros termos. Além disso, outra prática comum é fundir o marketing ao departamento comercial, o que até faz sentido, já que um dos objetivos da área é fomentar vendas. Mas, e a comunicação, como fica? 

Equipe de marketing em reunião

Portanto, o marketing deve ser visto como uma ferramenta estratégica de negócios, a qual pode direcionar os rumos de atuação de toda a companhia. Para isso, os especialistas da área devem atuar em parceria com os demais departamentos, a fim de traçar os objetivos da empresa. Cabe, então, ao pessoal do marketing, planejar, executar e acompanhar de perto as ações para garantir que os objetivos traçados aconteçam e as metas – da organização como um todo ou de cada departamento – sejam alcançadas. Um bom plano de marketing, aquele que vai trazer resultados para a companhia como um todo, deve, então, prever ações que contemplem o posicionamento de marca, a comunicação institucional interna e externa e a promoção dos produtos ou serviços. Tudo isso tem que ser pensado e muito bem orquestrado para transmitir uma mensagem uniforme, em concordância com a missão, a visão e os valores da empresa.

Em busca do budget perfeito

Quem nunca? Essa falta de reconhecimento do potencial do marketing traz uma outra barreira que os profissionais dessa área precisam vencer: o orçamento precário. Grande parte das empresas, principalmente as com modelo de negócio B2B, não enxergam os esforços do marketing como investimento, mas sim, como um centro de custo. Historicamente, o departamento de marketing tem budget reduzido – ou até cortado – em tempos de crise econômica, o que resulta em equipes enxutas e pouco dinheiro. Com isso, muitos projetos, que deram um trabalho danado para serem concebidos, acabam sendo cancelados ou, na melhor das hipóteses, adiados, por falta de orçamento ou de braços para colocar tudo em prática.

Mudar essa cultura dentro de uma empresa é trabalhoso e promete resultados no longo prazo. Pensando nisso, por mais que você e sua equipe estejam fazendo um excelente trabalho no marketing, não espere reconhecimento imediato. Enquanto isso, vá “plantando a sementinha”, regando e cuidando diariamente para colher os frutos no futuro. Como fazer isso? Analisando e entendendo as dificuldades da empresa para criar estratégias que visem a correção desses problemas. Afinal, todo bom gestor sabe muito bem que as escolhas de onde investir ou cortar gastos devem estar pautadas nas estratégias, e não na crise.

É muito trabalho!

Sim! E também tem muita cobrança e altas expectativas. É um desafio para muitos e missão cumprida por poucos. Para te ajudar a dar conta do recado e ainda sobrar um tempinho para curtir um pouco a vida, vou dar algumas dicas:

Foco na estratégia

Citação de Albert Einstein: “Se eu tivesse uma hora para resolver um problema e minha vida dependesse dessa solução, eu passaria 55 minutos definindo a pergunta certa a se fazer”

Em todos os planejamentos que faço, procuro seguir uma lição que aprendi com um grande conhecido, A.K.A. Albert Einstein. Ao ser questionado sobre sua metodologia de trabalho, o célebre cientista disse: “Se eu tivesse uma hora para resolver um problema e minha vida dependesse dessa solução, eu passaria 55 minutos definindo a pergunta certa a se fazer”. E sabe por quê? Ele mesmo respondeu: “Porque quando eu soubesse a pergunta correta, poderia resolver o problema em menos de cinco minutos”. Genial né? A dica aqui então é: dedique mais esforço planejando o que deve ser feito, por que, como, por quem… Uma vez que você tiver a estratégia muito bem definida, a execução se torna mais fácil e rápida. Assim, você aproveita melhor o seu tempo e seus recursos.

Seja criativo

Criatividade: criança imagina ser marinheiro em caixa de papelão.
A little boy sitting in a cardboard box pretending to be a pirate looking through a telescope

Se você já seguiu o ensinamento do nosso amigo Einstein e se dedicou bastante na construção de uma estratégia bem estruturada, chegou a hora de colocar as mãos na massa. Assim como existem vários caminhos que levam a um mesmo destino, tem muitas formas de executar uma mesma ideia. Para colocar seu plano em prática, estude as possibilidades e use a criatividade para encontrar uma alternativa que seja aplicável com os recursos disponíveis e que caiba no seu orçamento. Essa é uma boa hora para fazer um benchmarking, pesquisar o que já foi feito e tentar entender “como” aquilo foi executado.

Peça ajuda

Trabalho em equipe: abelhas se ajudam a atravessar um vão.

Para não correr o risco de remar quilômetros e morrer na praia, você precisa saber quando dá para tocar o barco sozinho e quando precisa de reforços. Principalmente se você trabalha com uma equipe pequena. Eu sei que contratar mais pessoal pode estar fora de cogitação ou que você queira evitar todo o processo de recrutamento. Mas, você pode acionar colegas de outros departamentos, por exemplo, que consigam contribuir com opiniões, ideias ou uma mão amiga para ajudar naquela tarefa mais executiva. Além disso, você pode contratar um braço extra para servir de extensão para o seu departamento, como uma marketing house.

O que é uma marketing house?

Uma agência de marketing, geralmente oferece consultoria para planejamento de ações. Enquanto uma agência de publicidade, simplesmente executa as ações planejadas pela equipe de marketing do cliente. Já uma house de marketing é, basicamente, uma agência interna e a principal vantagem desse modelo é a proximidade com o negócio e os departamentos, o que tende a agilizar as tomadas de decisão e promover ações mais alinhadas aos objetivos de diferentes setores da empresa. A Bring Marketing House é uma agência de marketing com conceito de house.

Como é o trabalhar com a Bring Marketing House

Aqui, não trabalhamos simplesmente executando ações propostas pelo cliente, como uma agência de publicidade, nós aplicamos um senso crítico e auxiliamos no desenvolvimento ou aprimoramento das ideias, a fim de garantir os resultados. Depois executamos. Também não montamos a estrutura da agência dentro do cliente, como uma house, mas oferecemos um atendimento muito próximo e consultivo, fazemos imersão com a equipe no cliente e mergulhamos fundo no negócio de cada parceiro. Com isso, conseguimos criar, implementar e acompanhar uma estratégia de marketing omnichannel, atendendo aos objetivos das áreas de RH, vendas e comercial e, ao mesmo tempo, mantendo a consistência e a uniformidade nas comunicações interna e externa da marca.

Mãos que se tocam representando uma extensão, apoio.

Portanto, a Bring consegue atuar como uma extensão de um departamento de marketing, remotamente. Para isso, a gente disponibiliza toda uma equipe, multidisciplinar, para te ajudar a traçar um plano de ação, convencer a diretoria sobre a importância e a necessidade de colocá-lo em prática e ajudamos a executar essas ações. Tudo isso sem a necessidade de contratar mais pessoas para compor o time de marketing interno.

Então, contratar uma marketing house, como a Bring, pode ser a ação que faltava para te tirar do sufoco e viabilizar aquelas ideias que ainda estão no papel. Quer testar? Manda uma mensagem para mim e me conta a sua dor. Tendo em vista a sua necessidade, eu faço um diagnóstico da sua situação e desenho uma proposta de trabalho adequada para te atender!


Denise Ricomini Planner na Bring Marketing House
Denise Ricomini
Planejamento
Condutora de ideias

A Bring é o refúgio onde posso expressar meus talentos e seguir minha carreira de coração. Conduzo ideias para que sonhos se realizem, inclusive os meus.


Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts relacionados